Peixada Pernambucana


Sabe nostalgia? Foi o que senti quando estava preparando essa peixada. O cheirinho que subiu quando coloquei no prato me levou até Recife. Na verdade, me levou a Itamaracá, Serrambi, Porto de Galinhas, onde a gente come essa peixada com o pé na areia.

A saudade da terrinha é grande mas matei um pouquinho comendo essa peixada maravilhosa. Eu sei que peixada pernambucana não tem camarão mas por que eu iria perder a chance de deixar melhor o que já é bom?

Como dizem por lá... ficou arretada! ;)

Beijos e até a próxima.

Peixada Pernambucana
Rende 6 porções

Ingredientes:

1 kg de peixe em postas (usei Cação)
400 g de camarão médio
Suco de limão 
Sal a gosto
Farinha de trigo
Azeite 
2 tomates picados
1 1/2 cebolas picadas
3 dentes de alho amassados
500 ml de caldo de peixe ou camarão (1 cubinho da caldo de peixe ou camarão diluído em 500 ml de água quente)
Grãos de pimenta do reino
1 lata de Molho de tomate
1 cenoura grande cortada em tiras
1/2 pimentão verde
2 batatas cortadas em 4 partes
3 ovos cozidos
Salsinha

Modo de Preparo:

Tempere o peixe e os camarões com o suco de limão e o sal. Reserve por algumas horas.

Enxugue bem o peixe (com papel toalha ou uma toalha limpa) e empane com a farinha de trigo.

Numa frigideira leve cerca de 1 colher (sopa) de azeite ao fogo. Deixe esquentar e frite as postas de peixe. (Se precisar de mais azeite vá colocando durante a fritura.)

Retire as postas de peixe com muito cuidado da frigideira e deixe secar em papel toalha.

Em outra panela coloque cerca de 2 colheres (sopa) de azeite e leve ao fogo médio. Refogue a cebola no azeite, acrescente o alho e o tomate. Deixe o tomate amolecer um pouco e acrescente o caldo de peixe ou camarão. 

Junte a pimenta em grãos, o molho de tomate, as cenouras e o pimentões e deixe ferver. Acrescente os ovos e as batatas e abaixe o fogo.

Quando os legumes estiverem cozidos acrescente o peixe e os camarões. Deixe cozinhar por alguns minutos. 

Experimente o tempero do molho e se achar necessário acrescente sal e pimenta do reino. 

Coloque as postas de peixe em uma travessa e por cima todos os outros componentes da peixada com um pouco do molho.

Para quem quiser fazer um pirão:

Para fazer o pirão basta levar ao fogo o molho da peixada coado e deixar ferver. Depois que ferver vá acrescentado aos poucos a farinha de mandioca sem parar de mexer. Acrescente a farinha até engrossar.

Bolo de Laranja Molhadinho

Hoje tem bolo? Tem sim, senhor! E é de laranja bem molhadinho e fofinho.

Sou apaixonada por bolo de laranja. No café da manhã ou no lanche da tarde, não importa a hora. Dá até água na boca só de pensar. Por isso só sosseguei quando encontrei a receita do melhor bolo de laranja que já comi.

Aprendi essa receita num curso que fiz e sempre a uso, pois a massa é muito levinha. É um pouco mais elaborada se comparada aos outros bolos de laranja, mas vale a pena seguir à risca.

Experimentem, tenho certeza que não irão se arrepender.

ATENÇÃO aos intolerantes à lactose: Essa receita pode ser feita sem a margarina. Basta utilizar 150 ml de óleo de milho no lugar. Fica muito bom.

Até a próxima!

Bolo de Laranja Molhadinho
Rende 8 fatias

Ingredientes da Massa:

3 ovos
150 g de açúcar refinado
150 g de margarina com sal ou 120 ml de óleo de milho
100 ml de suco de laranja
200 g de farinha de trigo
10 g de fermento em pó
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de raspas de casca de laranja

Ingredientes da Calda:

1 xícara de açúcar
1/2 xícara de suco de laranja

Modo de Preparo da Massa:

Em uma panela pequena leve a margarina para derreter com o suco. Assim que derreter, desligue o fogo.

Separe as claras das gemas. Numa batedeira bata as claras em neve e acrescente as gemas peneiradas. (Não deixe a película da gema passar, assim evitamos o cheiro de ovo no bolo.) Sem parar de bater, acrescente o açúcar, depois acrescente a margarina com o suco (ainda morno). Bata bem e reserve.

Em outra vasilha junte a farinha de trigo com o fermento em pó e o sal. 

Acrescente a mistura da farinha de trigo à mistura dos ovos da seguinte forma:

Vá peneirando pequenas porções (2 colheres de sopa da mistura da farinha com o fermento e o sal) em cima da mistura dos ovos com o açúcar. Misture delicadamente, se possível com um fouet, mas pode ser com uma colher.

Acrescente as raspas de laranja e continue misturando delicadamente.

Unte e enfarinhe uma fôrma de 22 cm com furo central. Coloque a massa e leve ao forno pré-aquecido à 200ºC por cerca de 30 a 40 minutos.

Desenforme o bolo ainda morno. Faça vários furos com um palito de espetinho no bolo e regue com a calda quente.

Modo de Preparo da Calda:

Coloque em uma panela o suco de laranja e o açúcar.

Leve ao fogo médio e espere o açúcar derreter, não precisa ficar mexendo.

Depois que o açúcar derreter deixe no fogo por mais 5 minutos.

Tabule

No verão é normal a gente procurar uma comidinha mais leve. Esses dias deu uma vontade de comer tabule, que eu acho uma delícia, mas nunca tinha feito. 

Vocês sabiam que o tabule é um prato de origem libanesa? Ele é feito com o trigo para quibe que é uma ótima fonte de fibra, ótimo para o nosso organismo.

Ele é muito refrescante por causa da hortelã e também é um ótimo acompanhamento para grelhados. Para dar um toque especial acrescentei manga (mas é opcional). 

ATENÇÃO: O que dá o sabor ao tabule é a salsinha, a hortelã e a cebola, então capriche nesses 3 ingredientes, ok?

Espero que gostem.

Abraços.

Tabule
Rende 4 porções

Ingredientes:

45g de trigo para quibe
2 pepinos pequenos picados
2 tomates sem sementes picado
1 cebola ralada
1/2 manga fatiada (opcional)
1 ramo de salsinha picada
Folhas de hortelã picadas
Folhas de alface
Azeite a gosto
3 colheres (sopa) de suco de limão
Pimenta a gosto
Sal a gosto

Modo de Preparo:

Coloque o trigo de molho em água por 2 horas. Retire da água e esprema bem (pode ser com a mão mesmo.)

Junte ao trigo, o pepino, a cebola, o tomate, a salsinha e a hortelã. Tempere com o azeite, o suco de limão, a pimenta e o sal.

Essa é a hora em que você vai colocando os temperos aos poucos e experimentando até agradar o seu paladar.

Forre o prato onde vai servir com as folhas de alface. Coloque o tabule por cima e enfeite com os pedaços de manga.

Para quem gosta de fruta em salada salgada, a manga dá um toque especial ao tabule.


Sundae sem Açúcar

Gente, faz tempo que não apareço por aqui. Estive trabalhando em outra área e por isso sem muito tempo para me aventurar na cozinha.
Hoje estou voltando com dicas que me deixaram muito feliz por terem dado certo.

Eu não sei vocês mas eu tenho muita dificuldade de encontrar um sorvete diet gostoso. Só encontro sabores muito sem graça. Resolvi então melhorá-lo acrescentando algumas coisinhas na hora de comer. Fiz esse sundae que deu muito certo e ficou uma delícia.

A maioria dos ingredientes estão prontos e são sem açúcar a única coisa que fiz foi derreter o chocolate e fazer a calda de morango. É fácil e fica ótimo.

ATENÇÃO aos contadores de carboidratos sugiro diminuir o tamanho do sundae.

Abraços.

Sundae sem Açúcar
Rende 1 sundae grande

Ingredientes:

3 bolas de sorvete diet do sabor de sua preferência
30g de chocolate ao leite ou amargo diet
1 paçoca diet
3 morangos (opcional)
Calda de morango diet

Modo de Preparo:

Pique o chocolate, coloque num potinho que possa ir ao microondas, sem tampa e leve ao microondas na potência máxima por 10 segundos. Retire e mexa bem. Vá fazendo esse procedimento até que o chocolate derreta por completo.

Derrame um pouco do chocolate e da calda de morango nas laterais da taça.

Coloque as 3 bolas de sorvete na taça, jogue um pouco mais de calda de morango e o restante do chocolate por cima do sorvete.

Esmigalhe a paçoca até formar uma farinha e jogue por cima do chocolate.

Corte o morango em rodelas e arrume na lateral da taça.

Agora é só aproveitar e se refrescar.

Calda de Morango sem Açúcar

Ingredientes:

5 morangos picados
2 colheres (sopa) de adoçante culinário
70 ml de água mineral

Modo de Preparo:

Em uma panela coloque todos os ingredientes e leve ao fogo médio até ferver.

Espere esfriar e passe por uma peneira amassando bem os morangos, se quiser pode deixar alguns pedaços inteiros.

Essa calda fica mais rala do que uma calda feita com açúcar.