Panela de barro

Nos dias 02 a 11 de julho aconteceu, aqui em Recife, a FENEARTE

Como sempre fui fazer uma visitinha na feira com os meus pais e minha irmã (meu marido estava viajando). E saí de lá com vários presentinhos. Um deles foi uma panela de barro. Amei! Sempre quis ter uma. E é claro que eu queria inaugurar o quanto antes.

Para diminuir um pouco meu entusiasmo descobri na internet que antes de usá-la é necessário fazer um processo de curação na panela. Pelo que entendi é para torná-la mais resistente e não permitir que os alimentos fiquem com gosto ou cheiro de barro. Encontrei várias maneiras de fazer isso porém duas me pareceram mais confiáveis:

1- Encher a panela de barro com água e levar ao forno quente em banho maria por 20 minutos. Depois deixe esfriar, retire a água e deixe secar naturalmente.

2- Pincelar a panela com óleo vegetal e levar ao forno quente por 20 minutos. Ela deve sair de lá sequinha. Lavar e deixar secar naturalmente.

Na dúvida resolvi fazer os dois processos.

O cheiro de barro diminuiu mais depois de fazer o segundo processo.

Agora é só comprar o material para fazer uma moqueca, uma feijoada, um baião de dois. Ai, ai, só de pensar me dá água na boca. Quem sabe eu não me arrisco a fazer um barreado?

Abraços e até a próxima.

3 comentários:

Anônimo disse...

Quero experimentar um barreado dessa panela!

Simone disse...

Pois é, é barreado pra cá, é barreado pra lá!! Pelo andar da carruagem, vou só ouvir falar mesmo... Serve uma muquecazinha!!! Bjoo!!

Deinha disse...

O que é um barreado :S? Feijoadinha aí deve ficar chuchu